domingo, 26 de junho de 2011

Dor que não dói


A nossa Maria sem camisa
Poetisa e pintora distinta
Tem uma camisa com pinta
Que foi tecida pela leve brisa

Sendo poeta porque Deus quer
Mesmo não o querendo ela seria
Tudo aquilo que mais desejaria
Porque tem garra esta mulher

Anda numa fase mais dorida
Mas esta dor não dura sempre
E com a ajuda cá da gente

Em breve essa dor será corrida
Passará a ser dor benevolente
Dor que não dói certamente.


1 comentário:

pekenasutopias disse...

E o "Dor que não dói"! Vou ter muito, muito pouco tempo para estar aqui, mas também espreitei o Jackpot! :))
Abraço grande!